Skip to main content

Campanha da Fraternidade 2024

“Fraternidade e Amizade Social” é o tema da Campanha da Fraternidade 2024

O tema abordado é particularmente desafiador nos dias atuais, em meio a conflitos e à busca desenfreada por poder, ultrapassando os princípios fundamentais da experiência humana.
 |  Andrea Rodrigues  |  Diocese

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) anunciou, em 25 de julho, o lançamento do cartaz e da oração que marcarão a Campanha da Fraternidade 2024. Inspirada na Encíclica do Papa Francisco, "Fratelli Tutti", a CF de 2024 tem como mote "Fraternidade e Amizade Social", com o lema "Vós sois todos irmãos e irmãs" (Mt. 23, 8). Estas escolhas foram deliberadas pelo Conselho Permanente da CNBB em novembro de 2022.

O tema abordado é particularmente desafiador nos dias atuais, em meio a conflitos e à busca desenfreada por poder, ultrapassando os princípios fundamentais da experiência humana. No entanto, ainda é viável quando consideramos as ações individuais, direcionando nosso olhar e coração para um plano mais elevado, onde amar a todos, sem exceção, é a prioridade. Não é necessário muito, pois a fé nos capacita a reconhecer os irmãos e irmãs a quem devemos dedicar à expressão da fraternidade humana.

O tema e lema da Campanha refletem a preocupação do episcopado brasileiro em fortalecer a fraternidade como resposta aos desafios de divisão, ódio, guerras e indiferença que permeiam a sociedade brasileira e global. Dom Ricardo Hoepers, bispo auxiliar da Arquidiocese de Brasília e secretário-geral da CNBB, destacou a importância destes elementos como um convite à conversão à amizade social e ao reconhecimento da vontade divina de que todos sejam considerados irmãos e irmãs.

Mas o que é amizade social?

Significa exatamente o que o Papa Francisco nos propõe em Fratelli Tutti: um amor sem limitações geográficas, estéticas e morais. É uma fraternidade que se estende a todos, transcende nossos gostos, apegos e preferências. Trata-se de uma postura que reconhece a todos como irmãos e irmãs, pois somos todos filhos do mesmo Pai, resgatados por Jesus Cristo e guiados pelo Espírito para uma vida de comunhão eterna na Trindade.

O cartaz da CF 2024 retrata uma casa, símbolo da comunidade, onde os irmãos e irmãs se reúnem para compartilhar não apenas o alimento, mas a própria vida. Personagens de diferentes etnias e idades se encontram ao redor de uma mesa, simbolizando a amizade de Deus com a diversidade humana. A celebração da fé nesse cenário, com pão, vinho e fraternidade, é central, recordando as refeições de Nosso Senhor Jesus Cristo. As janelas abertas indicam uma casa receptiva aos desafios do mundo e da realidade.

No centro da composição está o Papa, apoiado em sua bengala, representando, apesar de suas limitações, a proposta de amizade social ao mundo por meio da Encíclica "Fratelli Tutti". A imagem destaca a importância desse caminho para garantir a convivência pacífica e a subsistência de todos os seres humanos. O Papa Francisco utiliza a cruz de Dom Helder Câmara, simbolizando as semelhanças entre esses dois líderes de fé que desempenharam papéis significativos na história da Igreja no Brasil e no mundo.

O cartaz é também um convite tangível à participação dos fiéis na Campanha da Fraternidade, com a Coleta Nacional da Solidariedade marcada para 24 de março de 2024, Domingo de Ramos.

Material

Os materiais da Campanha da Fraternidade (CF) 2024, abordando o tema da Amizade Social, já estão disponíveis para aquisição e em nossa Cúria Diocesana para a retirada. Além do texto-base, uma variedade de subsídios é oferecida para aprofundamento e meditação sobre o tema proposto para a Quaresma. O ano de 2023 marcou o 60º aniversário da mobilização da Campanha da Fraternidade em todo o Brasil.

O texto-base, considerado o material principal da campanha, é a base reflexiva que sustenta o percurso da CF. Segundo a editora, "ele busca despertar, em conformidade com o tema e o lema, a beleza da fraternidade humana, aberta a todos, para além de nossos gostos, afetos e preferências, em um caminho de verdadeira penitência e conversão".

O conjunto de lançamentos referente à CF inclui subsídios que já são tradicionalmente parte das publicações oferecidas, como roteiros para círculos bíblicos, CF na Catequese e CF na Escola. Além disso, apresentam-se novidades, como roteiros para a Via Sacra e a Via Lucis, o Terço da Amizade Social, e um subsídio com roteiros para Adoração Eucarística, Celebração Penitencial e Celebração Ecumênica. A editora também disponibiliza impressos de divulgação, como cartaz, cartão-postal, banners e adesivos.

Campanha da Fraternidade: Uma jovem senhora

A cruz de Dom Helder também simboliza a comemoração dos 60 anos da Campanha da Fraternidade, celebrada nacionalmente pela primeira vez em 1964. A iniciativa foi criada por Dom Eugênio Sales, então Arcebispo da Arquidiocese de Natal (RN). Dom Helder, na época secretário-geral da CNBB, desempenhou um papel fundamental no esforço pastoral para tornar a campanha um evento nacional, sendo posteriormente adotada por toda a Igreja no Brasil.

O padre Jean Poul Hansen, coordenador do Setor de Campanhas da CNBB, destaca que desde 1964, ao longo de 60 anos, a CF tem mobilizado todo o Brasil em um verdadeiro mutirão de evangelização e conversão. Ele ressalta a significativa contribuição da campanha para as experiências de fé e seguimento de Jesus, enfatizando que todos guardam alguma memória agradecida dessas seis décadas: seja um cartaz, a letra ou a música de um hino, uma oração, um trecho do texto-base, ou uma experiência vivida durante uma campanha que impactou positivamente e auxiliou no crescimento espiritual.


Notícias Relacionadas

A Campanha da Fraternidade é um modo privilegiado pelo qual a Igreja no Brasil vivência a Quaresma!

Qual o objetivo da Campanha da Fraternidade? O objetivo é despertar a solidariedade dos fiéis e da sociedade em relação a um problema concreto que envolve a sociedade brasileira, buscando caminhos de solução. Qual o tema e o lema da CF 2020? “Fraternidade e vida: dom e compromisso” e o lema “V...

Missa da Quarta-feira de Cinzas abre a quaresma e a Campanha da Fraternidade

Como nos anos anteriores, o bispo diocesano celebra Missa de Cinzas abrindo a quaresma e a Campanha da Fraternidade, além de realizar a apresentação dos seminaristas da diocese.