Skip to main content

Vicariato para as Comunicações

Dom Valdir José cria Vicariato para a Comunicação Social

Dom Valdir José de Castro, ssp, formalizou a criação do Vicariato Episcopal para a Comunicação Social da Diocese de Campo Limpo e nomeou Vigário Episcopal deste vicariato o padre Rodrigo Antonio da Silva.
 |  Andrea Rodrigues  |  Diocese
Fotos: Arquivo Diocesano

Na sexta-feira, dia 04 de agosto, o bispo de Campo Limpo, Dom Valdir José de Castro, ssp, formalizou a criação do Vicariato Episcopal para a Comunicação Social. Após assinatura do decreto, a decisão foi comunicada através do boletim ‘Em comunhão’ que começou a ser enviado por email ao clero diocesano, nesta mesma data.

Para a função de Vigário Episcopal para a Comunicação Social, o bispo nomeou o padre Rodrigo Antonio da Silva, que já atuava à frente do Setor Comunicação e como assessor diocesano da Pastoral da Comunicação. Padre Rodrigo tem 42 anos e recebeu a ordenação presbiteral em 10 de maio de 2014.  É vigário da paróquia Catedral Sagrada Família e reitor do Seminário Propedêutico Sagrada Família.

A partir da organização existente no Setor Comunicação Diocesano, Dom Valdir sinalizou o desejo da criação do vicariato na Diocese de Campo Limpo, que tem vasta extensão territorial e grande complexidade. Estes são alguns dos requisitos apontados pelo Diretório de Comunicação a Igreja no Brasil (documento 99 da CNBB) para a criação de um vicariato. A Diocese tem um amplo e habitado território, dividido em 110 paróquias e 9 foranias. O bispo fez uma consulta ao Colégio de Consultores e aos vigários foraneos, que apoiaram a decisão.

O vicariato tem por objetivo criar um elo de união, comunhão e partilha entre os padres, religiosos (as), leigos (as) e o bispo diocesano. No boletim, que divulgou a notícia da criação, Dom Valdir ressalta a importância da comunicação na vida pessoal, social e eclesial e de que é “essencial aproveitar dos recursos humanos e tecnológicos para que esta dimensão cresça sempre mais em qualidade, ajudando-nos a criar proximidade e a conviver na fraternidade, em vista da missão de evangelizar”.

Por trás de muitos problemas, há sempre um problema de comunicação.

Dom Valdir José de Castro, ssp

As principais funções do Vicariato, destacadas pelo bispo diocesano, são: cuidar da comunicação institucional, impulsionar a rede de comunicadores articulada pela Pascom (Pastoral da Comunicação), promover a formação dos agentes de pastoral da comunicação, estreitar o relacionamento entre as pessoas e as várias pastorais da Diocese, difundir as informações diocesanas, dialogar com outras instituições religiosas e civis e ser um organismo a serviço da comunhão, atuando transversalmente na vida da Diocese.

A comunicação na Diocese de Campo Limpo se confunde com sua própria história. Próxima a completar 35 anos de criação, desde o início a comunicação foi incentivada pelo primeiro bispo diocesano, Dom Emílio Pignoli, transformando o boletim informativo da então região episcopal Itapecerica da Serra na revista Vida e Missão, ainda em circulação. Ainda durante este período, o departamento de comunicação da Diocese foi formado, contando também com uma rádio. Dom Luiz Antônio Guedes, segundo bispo diocesano, deu continuidade aos trabalhos e, em 2012, criou o jornal Diocese em Ação, que possui a tiragem de 30.000 exemplares. Em 2021 o Setor Comunicação ganhou um novo espaço de trabalho para a sua equipe, contando com um estúdio audiovisual.

Fiel ao carisma paulino, Dom Valdir pretende que a comunicação chegue ainda mais longe, dando ênfase na formação do povo para a comunicação e favorecendo a comunicação interpessoal. “Por trás de muitos problemas, há sempre um problema de comunicação”, destaca Dom Valdir. O bispo entende que a comunicação não pode ser apenas um departamento ou setor de uma Diocese, mas uma iniciativa que está presente e atravessa todos os ambientes.


Notícias Relacionadas

Pascom diocesana celebra o 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais

Celebrando a Ascensão do Senhor a Pascom Diocesana esteve reunida em missa na Catedral Sagrada Família para comemorar o 52º dia Mundial das Comunicações Sociais.

Pascom Diocesana: Encontro presencial retoma formação e articulação entre os agentes

Participação significativa e cheia de entusiasmo marcou o encontro diocesano da Pascom Diocesana, mesmo com os termômetros marcando apenas 9ºC.

Em espírito sinodal, Pascom Brasil reúne coordenações regionais para avaliação e planejamento

Atividade, na sede da Arquidiocese da Paraíba, antecede a abertura do 13º Mutirão Brasileiro de Comunicação.